A importância da fisioterapia no Parkinson

O tratamento do Parkinson requer paciência,dedicação e muita resiliência. Nesse post você vai conhecer a importância da fisioterapia no combate a doença.

As disfunções neurológicas causadas pelo Parkinson afetam também o movimento funcional, por isso o tratamento fisioterápico é extremamente importante para os portadores da doença.

Na maioria dos casos, o portador da doença para de se movimentar e deixa de movimentar as articulações, esse fator aliado a degeneração das células torna o problema ainda mais perigoso.

Uma das melhores opções para o tratamento é procurar um fisioterapeuta especializado:

O fisioterapeuta é um profissional que conhece quais são as necessidades especificas desses pacientes e passam a desenvolver um plano terapêutico bem estruturado que a médio e longo prazo será essencial para que se obtenha resultados satisfatórios.

O principal papel de um fisioterapeuta em um caso de Parkison é reabilitar o movimento funcional e proporcionar alivio e sensação de bem-estar ao paciente.

Por isso podemos concluir que a fisioterapia aliada a outros métodos de tratamento, podem dar uma nova perspectiva a esses pacientes que estão tão tristes e desanimados.

É hora de ajudar e se conscientizar, por mais que não haja uma cura encontrada, um tratamento adequado proporciona uma melhora de 100% na expectativa de vida de uma pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *